Edital de ATER tem alteração na data de cadastramento de propostas

O Edital de Pré-qualificação de instituições de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) tem nova data de início de cadastramento de propostas. A abertura das inscrições passou do dia 01 para o dia 08 de fevereiro, por meio do site do PRS – Cerrado. O prazo final para submissões de propostas permanece o mesmo: 01 de março. 

Este edital do Projeto Rural Sustentável - Cerrado visa identificar e pré-qualificar instituições que atuem, ou que desejam atuar, nos temas gerenciais e técnicos previstos no projeto nos quatro estados de atuação: Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais. Essas instituições precisam, necessariamente, cumprir os critérios de elegibilidade previstos no edital. Podem participar instituições que prestem serviços de ATER com experiência comprovada.

Aberto edital para pré-qualificação de instituições de ATER

Encontro virtual

Para esclarecer eventuais dúvidas sobre o edital, o PRS – Cerrado realiza, nesta quinta-feira, 04/02, mais uma live. A transmissão “Tire suas dúvidas sobre o Edital de ATER” vai ao ar às 16h e será uma conversa com os(as) técnicos(as) do projeto sobre a chamada de pré-qualificação. Assim como em outros encontros virtuais promovidos pelo Projeto Rural Sustentável - Cerrado, haverá espaço para que os(as) espectadores(as) enviem perguntas. O evento ocorre simultaneamente no canal IABSTV, no Youtube, e na página do PRS - Cerrado, no Facebook.

 


PRS – Cerrado contrata assessoria técnica para frente de Processos

Para realizar serviços técnicos especializados em assessoria técnica executiva de processos e auxiliar na coordenação, definição, implementação, otimização e monitoramento dos processos, o Projeto Rural Sustentável - Cerrado acaba de abrir processo seletivo. Para se candidatar, o(a) profissional precisa possuir CNPJ no momento da contratação e tem até 9 de fevereiro para submeter candidatura.

A vaga exige formação superior em áreas relacionadas às ciências ambientais, ou afins, e conhecimento em softwares de B.I (Business Intelligence) e modelagem de processos. Possuir conhecimentos de inglês, boa organização, capacidade de mobilização e facilidade de diálogos interpessoais são características desejáveis.

O(A) consultor(a) deverá possuir disponibilidade para prestação dos serviços em Brasília/DF, onde serão disponibilizados espaço físico e condições para o desenvolvimento do trabalho na sede do Instituto Brasileiro de Desenvolvimento e Sustentabilidade (IABS).

Confira mais informações no Termo de Referência


Saiba como tirar dúvidas sobre os editais abertos no PRS - Cerrado

O Projeto Rural Sustentável – Cerrado está com três editais abertos. Com diferentes linhas de atuação, os processos seletivos podem gerar dúvidas nos(as) participantes sobre a documentação necessária ou dificuldades no momento do cadastramento de propostas, por exemplo. Pensando nisso, está disponível três canais de atendimento, sendo dois deles comuns para as três seleções.

  • Call center: 0800 038 6616 – segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, horário de Brasília
  • Whatsapp: 61 9 8413-9285 - segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, horário de Brasília

Por outro lado, o projeto oferece e-mails de atendimento para cada um dos editais disponíveis:

  • Para o “Programa de Apoio a Projetos de Pesquisa e Desenvolvimento”, você pode entrar em contato pelo chamada.pd.prs-cer@iabs.org.br;
  • Na Chamada para Seleção Integrada de Organizações Socioprodutivas (OSPs) e Unidades Multiplicadoras (UMs), o e-mail de comunicação é o chamada.osp.prs-cer@iabs.org.br:
  • Já para a Chamada para Pré-qualificação de instituições de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER), o canal de conversa com a equipe do projeto é o chamada.ater.prs-cer@iabs.org.br.

 Veja mais sobre os editais

Aberto edital para projetos de pesquisa e desenvolvimento

Edital seleciona 3 mil propriedades rurais e 26 Organizações Socioprodutivas

Aberto edital para pré-qualificação de instituições de ATER

 


Edital aberto: e os Agentes de Assistência Técnica e Extensão Rural?

O Edital de pré-qualificação de instituições de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) também vai beneficiar os(as) agentes de Assistência Técnica, denominados(as) dentro do projeto de ATECs, que são vinculados às instituições participantes da Chamada. Além de serem priorizados(as) nas ações de capacitação sobre tecnologias de baixa emissão de carbono, esses(as) profissionais poderão atuar nas temáticas do projeto voltadas ao bioma Cerrado, nos estados de atuação do PRS - Cerrado: Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais.

Será por meio das instituições de ATER pré-qualificadas que os(as) agentes de assistência técnica poderão se envolver no PRS - Cerrado. A pré-qualificação também permitirá que as instituições de ATER e seus(uas) respectivos(as) ATECs prestem serviços durante o projeto. Será indispensável que esses profissionais participem de ações formativas e de capacitação direcionadas por meio de cursos presenciais e/ou de ensino a distância (EaD), com temáticas em produção sustentável, mudanças climáticas, nos sistemas ILPF e/ou RPD, gestão da propriedade, entre outras. Essas atividades, previstas para iniciar em março de 2021, serão realizadas tanto no formato de educação a distância (EaD) quanto no formato presencial.

 Capacitação Especializada

 Os cursos destacam a capacitação especializada nos temas do projeto e visam a implementação de sistemas de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), entendido como sinônimo de Sistemas Agroflorestais, e Recuperação de Pastagens Degradadas (RPD). Serão oferecidas capacitações nas áreas de sustentabilidade produtiva e gestão ambiental da propriedade; certificação de propriedades ou de produtos; automação, informatização e agropecuária de precisão; planejamento de safra, entre outras.

 Para ver todas as linhas temáticas das ações de capacitação do PRS-Cerrado, consulte o Edital aqui!


Veja os critérios de elegibilidade para a pré-qualificação de instituições de ATER

Atuar no bioma Cerrado, ter disponibilidade de atuação nos municípios de abrangência do PRS-Cerrado, e possuir CNPJ com experiência comprovada de no mínimo 02 anos na prestação de serviços especializados em ATER nas temáticas do projeto são alguns dos requisitos exigidos pelo Edital de Pré-qualificação de instituições de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER). A Chamada, aberta em 18/01, lista ainda outros critérios obrigatórios para filtrar as instituições que atuem, ou que desejam atuar, nos temas gerenciais e técnicos previstos no projeto. 

Veja mais critérios de elegibilidade:

  • Contemplar as atividades de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) no objeto de seu Estatuto, Contrato Social ou similar;
  • Possuir sede empresarial (escritório);
  • Experiência comprovada em projetos com os sistemas de Integração Lavoura- Pecuária-Floresta (ILPF) e/ou Recuperação de Pastagens Degradadas (RPD); 
  • Ter pelo menos 3 (três) técnicos(as) capacitados e registrados (CREA, CRMV e afins) na área das Ciências Agrárias;
  • Estar de acordo com a participação dos(as) seus(uas) ATECs nas ações de capacitação de EaD e presencial oferecidas pelo projeto;.

Consulte todos os critérios no Edital de pré-qualificação de instituições de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER)

O foco principal é a implementação de sistemas de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), entendidas no projeto como Sistemas Agroflorestais, e a Recuperação de Pastagens Degradadas (RPD) nos estados de atuação: Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais.  As inscrições ficam abertas entre 01 de fevereiro e 01 de março de 2021.

Quem pode participar?

Qualquer organização que preste serviços de ATER  pode se pré-qualificar. Organizações de assistência técnica rural; Associações de produtores(as) rurais; Associações de profissionais; Cooperativas; Empresas privadas e públicas; Fundações ou associações sem fins lucrativos; Prefeituras municipais; Sindicatos rurais e Organizações da sociedade civil de interesse público – OSCIP são alguns exemplos de instituições elegíveis. Obrigatoriamente, todas as instituições que desejem prestar serviços de ATER no PRS-Cerrado devem passar pelo processo aberto de pré-qualificação.

Benefícios

As instituições de ATER pré-qualificadas poderão se inscrever nos processos seletivos e contratações de serviços do PRS-Cerrado. E, se selecionadas nos editais abertos, vão poder prestar atendimentos presenciais, individualizados e/ou coletivos, e acompanhamentos remotos aos(às) produtores(as) que possuam Unidades Demonstrativas (UDs) e Unidades Multiplicadoras (UMs).


Evento virtual tira dúvidas sobre o edital de OSPs e UMs

Para esclarecer dúvidas e explicar sobre a Chamada Integrada de Organizações Socioprodutivas (OSPs) e Unidades Multiplicadoras (UMs), o Projeto Rural Sustentável – Cerrado realiza encontro virtual no dia 28 de janeiro, às 16h. O evento será ao vivo, por meio do canal do IABSTV no Youtube e da página do PRS-Cerrado no Facebook, e terá o formato de uma apresentação seguida de conversa para tirar dúvidas.

Participam da live a Coordenadora Operacional do PRS – Cerrado, María Suarez, e a Gerente Executiva de Benefícios Coletivos, Carmynie Barros. Haverá espaço para resposta de perguntas enviadas pelos(as) espectadores(as) durante a realização do encontro.

Este edital do PRS – Cerrado tem por objetivo implantar práticas produtivas de baixa emissão de carbono em pequenas e médias propriedades rurais de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais, além de contribuir para o fortalecimento de agrupamentos formados por coletivos de produtores(as) rurais. Ao todo, serão selecionadas 26 OSPs e 3.000 UMs nos 101 municípios de atuação divididos nesses quatro estados. A submissão de propostas vai de 25 de janeiro a 01 e março.

Marque na agenda
Evento: Live sobre o edital de OSPs e UMs
Data: 28/01
Horário: 16h
Transmissão: Canal do IABSTV no Youtube e página do PRS-Cerrado no Facebook


Edital integrado de OSPs e UMs está com inscrições abertas

Coletivos de produtores(as) que tiverem interesse em participar da Chamada Integrada de Organizações Socioprodutivas (OSPs) e Unidades Multiplicadoras (UMs), do Projeto Rural Sustentável – Cerrado, já podem submeter as propostas no site do projeto. As inscrições têm início em 25 de janeiro e vão até o dia 01 de março.  Podem participar desta chamada Associações, Cooperativas, Central de Associações/Cooperativas, Sindicatos ou outras instituições formalmente estabelecidas há pelo menos um ano e que tenham atuação em um dos quatro estados abrangidos pelo projeto: Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais.

Ao todo, o PRS – Cerrado vai selecionar 26 OSPs e 3.000 UMs. Atenção: a submissão de propostas deve ser feita apenas pelas organizações. Se você é produtor(a) e quer ser uma Unidade Multiplicadora do projeto, associe-se a uma organização de trabalhadores(as) da sua região. O edital não prevê tempo mínimo de associação. 

O que são OSPs e UMs?

Chamada Integrada de OSPs/UMs

Submissão de propostas: 25/01 a 01/03
Seleção: 26 OSPs e 3.000 UMs
Quem pode participar: Associações, Cooperativas, Central de Associações/Cooperativas, Sindicatos ou outras instituições formalmente estabelecidas há pelo menos um ano


PRS – Cerrado contrata desenvolvedor(a) de cursos EaD na plataforma Moodle

O Projeto Rural Sustentável – Cerrado está com inscrições abertas para o processo seletivo que vai contratar um(a) desenvolvedor(a) de cursos EaD. Por 31 meses, o(a) profissional será responsável por serviços técnicos especializados para implantação e customização de soluções educacionais de capacitação a distância, com ênfase na plataforma Moodle, com criação e gerenciamento de sistema online de suporte técnico e help-desk.

A equipe do PRS – Cerrado classifica como fundamental o desenvolvimento de um Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) estável e seguro, que possa garantir mais engajamento e aumentar o conhecimento atualmente disponível nas áreas de atuação do projeto. Para oferecer apoio para o desenvolvimento de cursos EaD e a consequente capacitação dos atores envolvidos, é necessária a contratação de serviços técnicos para implementação e suporte do AVA Moodle.

Interessados(as) devem ter formação superior na área de Tecnologia da Informação (TI), com especialidade em Desenvolvimento de Moodle, além de experiência em implantação e desenvolvimento de portais EaD e Ambientes Virtuais de Aprendizagem.

Acesse o Termo de Referência aqui

Sobre o Projeto Rural Sustentável – Cerrado

Somos financiados pelo Fundo Internacional para o Clima do Governo do Reino Unido, em cooperação com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), tendo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) como beneficiário institucional. O Instituto Brasileiro de Desenvolvimento e Sustentabilidade (IABS) é o responsável pela execução e administração do projeto e a Associação Rede ILPF, por meio da Embrapa, é a responsável pela coordenação científica e apoio técnico.

 


Animação sobre as fases do Edital de P&D está disponível

O Edital do “Programa de Apoio a Projetos de Pesquisa e Desenvolvimento”, disponível desde o dia 5 de janeiro, inovou no processo de submissão de propostas de pesquisa, aberto até 1 de março. Pensando nisso, o Programa Rural Sustentável - Cerrado publicou hoje, 21/01, o vídeo "PRS - Cerrado | Fases de submissão do Edital de P&D”. A animação retrata a estrutura de avaliação da chamada, de forma simples e dinâmica, e orienta como as instituições e coordenadores(as) proponentes devem submeter suas propostas.

O vídeo estreou, oficialmente, durante o encontro virtual Tire suas dúvidas sobre o Edital de P&D, no Youtube e na página do projeto no Facebook, que também foi ao ar nesta quinta-feira.

 Canais de atendimento

Para as dúvidas sobre o edital, o PRS-Cerrado disponibiliza três canais de comunicação: o call center disponível pelo 0800 038 6616 (de segunda a sexta, das 9h às 18h, no horário de Brasília); o e-mail chamada.pd.prs-cer@iabs.org.br e o Whatsapp 61 9 8413 9285.

Já está disponível também um tutorial em pdf com o passo a passo para o cadastramento no Portal do PRS-Cerrado.

 


Saiba os benefícios do edital voltado para organizações e propriedades rurais

Organizações formadas por coletivos de produtores(as) rurais que participarem da Chamada para Seleção Integrada de Organizações Socioprodutivas (OSPs) e Unidades Multiplicadoras (UMs), do Projeto Rural Sustentável – Cerrado, terão uma série de benefícios durante a implementação das tecnologias apoiadas pelo projeto. Esses benefícios são de caráter duradouro, com vista à construção de um legado de sustentabilidade após o término das atividades do PRS – Cerrado.

Para cada OSP selecionada, o projeto vai oferecer inicialmente um diagnóstico e prognóstico técnico-participativo, que reúne análise das áreas econômica, tecnológica, gerencial, produtiva, comercial e ambiental, seu papel na cadeia produtiva e na promoção da agricultura de baixa emissão de carbono. A partir daí, os técnicos do PRS – Cerrado elaboram possíveis cenários, definem demandas coletivas e criam um Plano de Negócios, levando em consideração diversos aspectos como produção, gerência e adequação e qualificação de produtos e sua inserção no mercado. Por meio de ações formativas e capacitação direcionadas, o edital também prevê o fortalecimento institucional das OSPs, a formação de lideranças e a facilitação do acesso a instrumentos financeiros variados.

Uma das principais vantagens deste edital é o acesso das OSPs a Benefícios Coletivos (BCs), disponibilizados por meio da aquisição de bens e contratação de serviços, de uso comum, não reembolsáveis. Não há repasse financeiro. Previstos no Plano de Negócios, os BCs são destinados a investimentos para estruturação institucional e produtiva, como obras de implantação, ampliação, adequação e reforma ou melhoria em infraestruturas de uso coletivo, compra de máquinas e equipamentos com fins agroindustriais para uso comunitário, entre outros.

E as Unidades Multiplicadoras?

O edital também prevê benefícios para membros das OSPs, as propriedades rurais, entendidos no projeto      como Unidades Multiplicadoras (UMs). Além de também terem acesso aos BCs disponibilizados às organizações, produtores(as) rurais também terão assistência técnica e gerencial especializada por 18 meses para implementação das tecnologias de baixa emissão de carbono apoiadas pelo PRS – Cerrado; acesso às ações formativas e de capacitação; ações de apoio e incentivo do projeto relacionadas com acesso ao crédito rural, certificação, transferência tecnológica; participação nos Dias de Campo, dentre outros.

Organizações Socioprodutivas e Unidades Multiplicadoras: o que são?