Dia Mundial da Educação Ambiental: celebrando troca de saberes

Dia 26 de janeiro é comemorado o Dia Mundial da Educação Ambiental, data instituída em 1975 pelas Nações Unidas para fomentar uma maior conscientização sobre a necessidade de proteger o meio ambiente, por meio da educação. Esse é um compromisso adotado também pelo PRS - Cerrado e abrange das crianças aos adultos, passando pelo ensino fundamental, médio e até mesmo pós-graduação!

O Programa de Capacitação do PRS - Cerrado conta com ações formativas que buscam o aprendizado e a troca de conhecimentos e saberes, envolvendo produtores e produtoras rurais, membros de organizações socioprodutivas, agentes de assistência técnica, gestores e gestoras públicas, estudantes e demais interessados. Entre estas ações, temos o Mestrado Profissional em parceria com a Universidade Federal da Lavras – UFLA e o EaD introdutório e avançado, transmitidos pelo Canal Futura, que é aberto ao público.

Já para os jovens e crianças, tão importantes para o futuro do planeta, há as ações de popularização da produção sustentável nas escolas, com o objetivo de sensibilizar estudantes do Ensino Fundamental e Ensino Médio de escolas públicas sobre a busca por um mundo mais sustentável, por meio de uma incrível jornada de aprendizagem.

Instituições de ensino públicas de áreas rurais e urbanas dos estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais podem se inscrever para as ações de popularização. O 2° Edital da Chamada de Seleção das Escolas ainda está disponível e as inscrições ficam abertas até o dia 10/02. As escolas interessadas devem fazer sua submissão via portal do PRS - Cerrado.

Quer saber mais sobre o nosso Programa de Capacitação e todas as ações dentro dele? Acesse aqui.


Prorrogado o 2° Edital de Popularização da produção sustentável do PRS – Cerrado

As inscrições para o 2° Edital de Popularização da produção sustentável do PRS – Cerrado foram prorrogadas. Agora, as escolas interessadas nas ações do projeto têm até o dia 10 de fevereiro para realizarem as suas submissões. O edital de popularização beneficia estudantes de Ensino Fundamental e Médio por meio de oficinas, rodas de conversa e atividades cooperativas, que propiciam uma reflexão sobre o senso de pertencimento à natureza e sobre a importância de práticas sustentáveis

O processo de inscrição das escolas é simples e rápido, bastando preencher um formulário. Todas as escolas públicas da área de atuação do projeto estão convidadas a conhecer o edital e a participar desta oportunidade.

As escolas selecionadas poderão participar do Jogo  Coopera Cerrado, com a premiação no valor de até R$ 18 mil reais, para   implementação de um projeto  comunitário. As ações formativas serão ofertadas por meio de práticas pedagógicas no formato de uma Jornada de Aprendizagem, com utilização de materiais informativos, didáticos e a participação em  Dias de Campo e outras atividades do projeto, como palestras, cursos etc. 

Para mais informações sobre o edital e as ações de popularização do PRS - Cerrado, acesse aqui

 


Confira o resultado das inscrições para a 2ª turma do Mestrado Profissional

Já está disponível, no site da Universidade Federal de Lavras (UFLA), a lista de aprovados e aprovadas para a turma da segunda edição do Mestrado Profissional na temática de Mudanças Climáticas e Agropecuária de Baixa Emissão de Carbono, oferecido pelo PRS – Cerrado em parceria com a instituição de ensino superior.  Ao todo, 324 interessados(as) no curso fizeram a pré-inscrição no site do Programa de Capacitação. 

Após período de verificação do vínculo dos(as) interessados(as) com o projeto, tivemos 173 pré-inscrições aptas para concorrerem no processo seletivo, que será oferecido pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia da Produção Animal (PPGCTPA) e Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável e Extensão (PPGDE) da UFLA. As listas de aprovados(as) já estão disponíveis no site dos programas.  

Confira as inscrições homologadas: 

PPGCTPA

PPGDE

Sobre o Mestrado Profissional 

Com o Mestrado Profissional, o Projeto Rural Sustentável - Cerrado visa contribuir com um perfil de egressos capazes de dialogar com os grandes desafios da atualidade, principalmente na temática das mudanças climáticas e da agricultura de baixa emissão de carbono, com ênfase nos sistemas de ILPF e RPD. 

Saiba mais sobre o Mestrado Profissional: ruralsustentavel.org/programa-de-capacitacao/mestrado-profissional/


Lançado o 2° Edital de Popularização da produção sustentável do PRS - Cerrado

Está disponível nesta segunda-feira, 05/12, o 2° Edital da Chamada de Seleção das Escolas para as Ações de Popularização da produção rural sustentável e de baixa emissão de carbono entre estudantes de Ensino Fundamental e Médio e participação no Jogo Coopera Cerrado. As inscrições, que começam amanhã, terça, 06/12, ficam abertas até o dia 31/01. 

O processo de inscrição das escolas é simples e rápido, bastando preencher um formulário. Todas as escolas públicas da área de atuação do projeto estão convidadas a conhecer o edital e a participar desta oportunidade.

As escolas selecionadas poderão ser premiadas com recursos para a realização de uma atividade comunitária ou melhoria na escola no valor de até R$ 18 mil reais. E, além das ações formativas, serão ofertadas práticas pedagógicas no formato de uma Jornada de Aprendizagem, produção de um material audiovisual, recebimento de materiais informativos, didáticos e a participação em outras atividades do projeto, como Dias de Campo, palestras, cursos e etc.

Quem pode participar?

Todas as escolas públicas do campo e urbana, de Ensino Fundamental e Médio, dos 101 municípios contemplados pelo PRS - Cerrado, nos estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais, podem participar A seleção das escolas levará em consideração o equilíbrio entre escolas urbanas e do campo, porte das escolas, a diversidade étnica e sociocultural, bem como a equidade de gênero, priorizando as escolas que ainda não participaram do projeto na primeira edição. Serão apoiadas até 4 escolas por microrregião do projeto. 

É preciso cumprir algum pré-requisito?

As escolas candidatas devem cumprir os seguintes requisitos:

a)     Ser integrante da rede pública do Ensino Fundamental e/ou do Ensino Médio;

b)     Estar sediada em área urbana ou rural de um dos 101 municípios abrangidos pelo PRS - Cerrado;

c)     Ter entre 20 e 40 estudantes participantes na equipe (time), no caso de equipes com uma etapa de ensino apenas (Ensino Fundamental ou Ensino Médio), ou no caso de equipes mistas (EF e EM), ter entre 40 e 80 estudantes participantes;

d)     Indicar um(a) coordenador(a) da equipe, que poderá ser professor(a), gestor(a) ou outro(a) funcionário diretamente vinculado(a) à escola;

e) Comprometer-se em assinar um Termo de Adesão às ações de popularização, por representante da escola, caso esta venha a ser selecionada (para efetivar a participação da escola é necessário o envio do Termo de Adesão assinado).

Plantando a semente entre os jovens

As Ações de Popularização da Produção Rural Sustentável e de Baixa Emissão de Carbono, denominada de forma simplificada de “Ações de Popularização da produção rural sustentável”, tem como finalidade sensibilizar estudantes do Ensino Fundamental e Ensino Médio de escolas públicas sobre a temática. As atividades, que serão realizadas em formato híbrido (presencial e virtual), consistem em vivências, oficinas, atividades de imersão e de trocas de experiências, com características específicas para cada faixa etária. 

Em linhas gerais, pretende-se nutrir nos(as) estudantes (crianças e jovens) o senso de pertencimento à natureza no bioma Cerrado, seu papel na preservação e conservação dos recursos naturais, na promoção da produção rural sustentável e de baixa emissão de carbono e a sua relação com o território, a escola e a comunidade. Estas ações, que serão desenvolvidas no formato de Jornadas de Aprendizagem, têm como estrutura pedagógica 3 eixos filosóficos:


Evento de lançamento do EaD Avançado acontece nesta quarta, 16

Nesta quarta-feira (16) será realizada, às 17h, uma live no canal do IABSTV, no Youtube, com o  líder de produção de conteúdo do Canal Futura, Andre Libonati, a Coordenadora de Capacitação do PRS – Cerrado, Melissa Curi, e a Gerente de EaD, Sandra Roberta, para apresentar a ação, e informar como participar do curso, seu formato, além das demais ações formativas do projeto. Na ocasião, serão abertas as inscrições para o curso de Educação a Distância (EaD) Avançado do Programa de Capacitação do PRS – Cerrado em Mudanças Climáticas e Desenvolvimento Rural Sustentável no Cerrado. O curso é gratuito e direcionado ao público do projeto, especialmente para os Agentes de Assistência Técnica (ATECs).

Confira ao vivo pelo: https://www.youtube.com/c/IABSTV 

Sobre o curso 

O EaD Avançado conta com uma carga horária de 60 horas, distribuída ao longo de 45 dias e é composto por oito módulos. Além disso, o formato do curso é monitorado, ou seja, cada turma conta com um monitor ou monitora que acompanha toda a trajetória do curso, facilitando as atividades e dinamizando as discussões. 

O curso é desenvolvido em parceria com o Canal Futura, da Fundação Roberto Marinho, que opera há mais de 20 anos no Brasil e, assim como o PRS – Cerrado, acredita que a aliança entre Educação e Comunicação transforma pessoas e a sociedade.

Para mais informações sobre o EaD Avançado, acesse: https://www.ruralsustentavel.org/programa-de-capacitacao/ead-avancado/ 


Inscrições para a 2ª turma do Mestrado Profissional prorrogadas até 20/10

Estão prorrogadas as inscrições dos editais para o processo seletivo da segunda turma do Mestrado Profissional em Mudanças Climáticas e Agropecuária de Baixa Emissão de Carbono. As inscrições estão abertas até quinta-feira (20/10), no site da Universidade Federal de Lavras (UFLA), e o processo seletivo é exclusivo para os interessados e interessadas que já realizaram a pré-inscrição no site do Programa de Capacitação e têm a Declaração de Aptidão.

Para mais informações, acesse: 

Saiba como retirar sua Declaração de Aptidão pelo: https://bit.ly/mestrado-prof

O que é o Mestrado profissional? 

Uma das principais ações do Programa de Capacitação é o Mestrado Profissional, em parceria com a Universidade Federal de Lavras (UFLA) – referência no Brasil na área de Ciências Agrárias. É uma das formas de deixarmos um legado para o campo, com formação profissionalizante e técnica de alto nível! 

O mestrado é voltado exclusivamente para o público-alvo do PRS – Cerrado: produtores(as) rurais, Agentes de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATECs), membros de Organizações Socioprodutivas (OSPs), gestores(as) públicos(as) e demais interessados(as) em ampliar o conhecimento sobre práticas produtivas sustentáveis e de baixa emissão de carbono! 

 


Ações de popularização nas escolas entram em nova etapa em outubro

As escolas do campo e urbanas envolvidas com o projeto avançaram em mais uma etapa das ações de popularização da produção rural sustentável e de baixa emissão de carbono. No mês de setembro, a etapa realizada foi a Semear, que tem como objetivo aprofundar a percepção de interdependência e de que tudo está conectado. Neste mês de outubro irão começar as ações da etapa Manejar

A proposta da etapa Semear é oferecer oficinas que aproximem os(as) estudantes do ciclo do plantar e colher, do consumo consciente e dos efeitos das mudanças climáticas, colocando-os(as) como investigadores(as) das várias possibilidades da produção sustentável. No EF, uma das atividades pretende trabalhar a questão da geração de resíduos, seu descarte e reutilização. No EM, outros temas também poderão ser tratados, como a questão da pegada ecológica, práticas com sistemas agroflorestais e bioconstrução.

A facilitadora das ações de capacitação em duas microrregiões de Mato Grosso, Andréa Penha, trabalha com cinco instituições de ensino. Para ela, as atividades levam os alunos a se interessarem mais por práticas sustentáveis e pelo ensino, o que já está dando diferentes e positivos resultados. “Têm alunos que estão participando mais das aulas, exatamente porque eles estão vendo uma possibilidade diferente de se relacionar com as atividades escolares e atividades extraclasses, como o trabalho com a horta”, explica Andréa.

Ao todo, são 45 escolas participantes, localizadas por 13 microrregiões nos 4 estados de atuação do projeto: Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais.

Ações de popularização

As ações de popularização da produção rural sustentável em escolas, denominadas de forma simplificada de Ações de Popularização, têm como finalidade sensibilizar estudantes sobre o tema da agropecuária sustentável e de baixa emissão de carbono. As atividades, que são realizadas em formato híbrido (presencial e virtual), consistem em vivências, oficinas, atividades de imersão e de trocas de experiências, com características específicas para cada faixa etária (Ensino Médio e Ensino Fundamental).

Em linhas gerais, pretende-se nutrir nos(as) estudantes (crianças e jovens) o senso de pertencimento à natureza no bioma Cerrado, seu papel na preservação e conservação dos recursos naturais, na promoção da produção rural sustentável e de baixa emissão de carbono e a sua relação com o território, a escola e a comunidade.


Escolas avançam nas missões e trilha de aprendizado das ações de popularização

Neste mês de setembro, as escolas do campo e urbanas envolvidas com o projeto avançam em mais uma etapa das ações de popularização da produção rural sustentável e de baixa emissão de carbono. Além de ensinar as crianças a cuidarem e fazerem a própria horta, as ações de popularização da produção rural já ensinaram os alunos e alunas sobre compostagem, separação de resíduos e reciclagem. 

Ao todo, são 45 escolas participantes, localizadas por 88 microrregiões nos 4 estados de atuação do projeto: Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais. A gerente de empoderamento social, Denise Agustinho, conta um pouco mais sobre a trilha de aprendizado com os alunos e alunas. “A proposta do jogo tem engajado muito a comunidade escolar. Cada etapa cumprida leva outros jovens a se interessarem pelas ações de popularização, mobilizando cada vez mais pessoas nas diferentes atividades”, complementa Denise. 

Etapas com as escolas 

Neste momento, as escolas estão participando das atividades com educomunidores(as) e facilitadores(as) do projeto. Elas começaram em agosto na primeira etapa, Preparar o solo, que tem a proposta de expandir os saberes a respeito da potencialidade do solo e a possibilidade de todo indivíduo poder contribuir com ações sustentáveis para o planeta. As vivências nesta etapa envolvem diferentes temáticas para alunos do Ensino Fundamental (EF) e Ensino Médio (EM). 

Neste mês de setembro, as escolas já finalizaram a segunda etapa, Preparar as sementes, com o foco em mostrar a importância das sementes para a biodiversidade, autonomia, empoderamento do(a) produtor(a) e da comunidade. É um momento de trazer para os(as) estudantes a riqueza da diversidade e a importância de se fazer as melhores escolhas com foco no bem comum. Agora, as escolas estão na etapa do Semear, aprofundando a percepção de interdependência, de que tudo está conectado!

Ações de popularização
As ações de popularização da produção rural sustentável em escolas, denominadas de forma simplificada de Ações de Popularização, têm como finalidade sensibilizar estudantes sobre o tema da agropecuária sustentável e de baixa emissão de carbono. As atividades, que são realizadas em formato híbrido (presencial e virtual), consistem em vivências, oficinas, atividades de imersão e de trocas de experiências, com características específicas para cada faixa etária (Ensino Médio e Ensino Fundamental). 

Em linhas gerais, pretende-se nutrir nos(as) estudantes (crianças e jovens) o senso de pertencimento à natureza no bioma Cerrado, seu papel na preservação e conservação dos recursos naturais, na promoção da produção rural sustentável e de baixa emissão de carbono e a sua relação com o território, a escola e a comunidade.


Estão abertas as inscrições para a 2ª turma do Mestrado Profissional

Já está disponível, no site da Universidade Federal de Lavras (UFLA), o edital para o processo seletivo da segunda turma do Mestrado Profissional em Mudanças Climáticas e Agropecuária de Baixa Emissão de Carbono. As inscrições estão abertas até o dia 16 de outubro e o processo seletivo é exclusivo para os interessados e interessadas que já realizaram a pré-inscrição no site do Programa de Capacitação e têm a Declaração de Aptidão.

Para mais informações, acesse: 

Saiba como retirar sua Declaração de Aptidão pelo: https://bit.ly/mestrado-prof

O que é o Mestrado profissional? 

Uma das principais ações do Programa de Capacitação é o Mestrado Profissional, em parceria com a Universidade Federal de Lavras – referência no Brasil na área de Ciências Agrárias. É uma das formas de deixarmos um legado para o campo, com formação profissionalizante e técnica de alto nível! 

O mestrado é voltado exclusivamente para o público-alvo do PRS - Cerrado: produtores(as) rurais, Agentes de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATECs), membros de Organizações Socioprodutivas (OSPs), gestores(as) públicos(as) e demais interessados(as) em ampliar o conhecimento sobre práticas produtivas sustentáveis e de baixa emissão de carbono! 


Estão abertas as pré-inscrições para a 2ª turma do Mestrado Profissional

As pré-inscrições para o processo seletivo da Segunda Edição do Mestrado Profissional em Mudanças Climáticas e Agropecuária de Baixa Emissão de Carbono já estão disponíveis em nosso site! Novos interessados e interessadas, assim como aqueles(as) que já participaram das pré-inscrições da primeira turma, devem fazer esta etapa para poderem participar da seleção da UFLA. 

A pré-inscrição tem o objetivo de verificar se os(as) interessados(as) fazem parte do público-alvo do projeto e atuam em sua região de abrangência. Após avaliação interna, será emitida uma Declaração de Aptidão, documento necessário para se inscrever no processo seletivo via site da UFLA, cujo edital está programado para ser lançado no início de setembro. Lembrando que a pré-inscrição e a Declaração de Aptidão não asseguram a vaga no Mestrado.

Acesse o portal do Programa de Capacitação pelo: https://bit.ly/mestrado-prof

O que é o Mestrado profissional? 

Uma das principais ações do Programa de Capacitação é o Mestrado Profissional, em parceria com a Universidade Federal de Lavras – referência no Brasil na área de Ciências Agrárias. É uma das formas de deixarmos um legado para o campo, com formação profissionalizante e técnica de alto nível! 

O mestrado é voltado exclusivamente para o público-alvo do PRS - Cerrado: produtores(as) rurais, Agentes de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATECs), membros de Organizações Socioprodutivas (OSPs), gestores(as) públicos(as) e demais interessados(as) em ampliar o conhecimento sobre práticas produtivas sustentáveis e de baixa emissão de carbono!