Escolas do Super Sustentável são premiadas no Jogo Coopera Cerrado

O PRS – Cerrado, em conjunto com o Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA), realizaram, neste 27 de maio, um evento de premiação das escolas que alcançaram a categoria Super Sustentável na Jornada de Aprendizagem das Ações da Popularização da Produção Rural Sustentável e do Jogo Coopera Cerrado do ano de 2023. O momento contou com a participação de estudantes e educadores(as) representantes das escolas, do MAPA e do Instituto Brasileiro de Desenvolvimento e Sustentabilidade (IABS), executor do Projeto.

As escolas premiadas na categoria Super Sustentável receberam um valor de R$ 18 mil destinado ao financiamento de projetos para melhorias nas instalações e/ou promoção de atividades comunitárias e socioambientais, em prol de uma agricultura mais sustentável e resiliente no bioma Cerrado. Para isso, elas tiveram que realizar a Jornada de Aprendizagem completa, bem como as missões e desafios propostos pelo Jogo Coopera Cerrado, fazendo mais interações dentro da comunidade escolar e com outras instituições de ensino.

Estas escolas vencedoras fizeram mais de uma centena de interações com outras escolas, seja presencialmente em mutirões, seja por cartas, por redes de troca de sementes, envio das caixas agrícolas da natureza, ou vídeo-desafios lançados”, explica Denise Agustinho, Gerente de Empoderamento Social do PRS - Cerrado.

Nós temos um desafio que é pensar como trazer coisas inovadoras para que essa juventude se interesse pelo meio ambiente, pela sustentabilidade, ainda mais dentro da questão de sucessão rural. Em ações nas escolas como essas, conseguimos abrir uma conversa importante para todos, que mostra o valor da cooperação na missão de transformar a nossa realidade em algo mais sustentável”, destaca Melissa Curi, Coordenadora de Capacitação do PRS - Cerrado.

Quatro instituições foram premiadas na ocasião, uma de cada estado de atuação do Projeto. São elas:

  • Escola Estadual Militar Dom Pedro II “André Maggi” (Rondonópolis – Mato Grosso)
  • Escola Municipal do Campo Professora Maria da Conceição (Bataguassu – Mato Grosso do Sul)
  • Escola Municipal Maria Bárbara Sucena (Catalão – Goiás)
  • Escola Estadual Coronel Tonico Franco (Ituiutaba – Minas Gerais)

Sensibilização nas escolas

As Ações de Popularização da Produção Rural Sustentável tem como objetivo sensibilizar sobre a temática sustentável estudantes do Ensino Fundamental e Ensino Médio de escolas públicas, rurais e urbanas. As atividades consistem em vivências, oficinas, atividades de imersão e de trocas de experiências, com características específicas para cada faixa etária.

Por meio da Jornada de Aprendizagem, que é constituída por seis etapas presenciais e seis etapas virtuais, crianças e jovens são inspirados a refletirem sobre o senso de pertencimento à natureza no bioma Cerrado, seu papel na preservação e conservação dos recursos naturais, na promoção da produção rural sustentável e de baixa emissão de carbono e a sua relação com o território, a escola e a comunidade.

Ao final da Jornada, as escolas realizaram atividades interativas com a participação das famílias e de outras instituições escolares das regiões. Essas atividades envolveram a criação de uma feira agroecológica, exposição de sementes catalogadas, limpeza de um rio, vendas de mudas e artesanatos, e o aproveitamento criativo das estruturas de lâmpadas fluorescentes que seriam descartadas.

Desejo que esse projeto continue por muitos anos, porque é muito bom ter esse incentivo que cria uma abordagem tão fixa e prática com esses jovens alunos para que eles ganhem conhecimento e possam repassar tudo o que aprenderam para a frente”, compartilha o Professor Heitor Franco de Souza, da Escola Estadual Tonico Franco, de Ituiutaba (MG).

Entre as melhorias a serem implementadas nas escolas - escolhidas pelos próprios estudantes - estão a construção de uma sala multimídia e sala esportiva, aquisição de equipamentos científicos, construção de pátios e a instalação de placas solares.













Coopera Cerrado: Escolas do Super Sustentável serão premiadas em Brasília (DF)

Na segunda-feira, 27/05, serão premiadas quatro escolas que alcançaram a categoria Super Sustentável na Jornada de Aprendizagem das Ações da Popularização da Produção Rural Sustentável e do Jogo Coopera Cerrado do ano de 2023. O evento será realizado às 9h no Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA), em Brasília (DF), e terá transmissão ao vivo pelo canal do IABSTV no YouTube.

As quatro escolas premiadas na categoria - uma de cada estado de atuação do Projeto - ganharão um valor adicional de R$ 10 mil, destinado ao financiamento de projetos elaborados pelas escolas para melhorias nas instalações e/ou promoção de atividades comunitárias e socioambientais.

São elas:

  • Escola Estadual Militar Dom Pedro II "André Maggi" (Rondonópolis - Mato Grosso)
  • Escola Municipal Professora Maria da Conceição (Bataguassu - Mato Grosso do Sul)
  • Escola Municipal Maria Bárbara Sucena (Catalão - Goiás)
  • Escola Estadual Coronel Tonico Franco (Ituiutaba - Minas Gerais)

Sobre as Ações de Popularização

As Ações de Popularização da Produção Rural Sustentável e de Baixa Emissão de Carbono tem como finalidade sensibilizar estudantes do Ensino Fundamental e Ensino Médio de escolas públicas, urbanas ou rurais, sobre a temática da agropecuária sustentável e de baixa emissão de carbono. Por meio da Jornada de Aprendizagem, as atividades realizadas consistem em vivências, oficinas, atividades de imersão e de trocas de experiências, com características específicas para cada faixa etária. Ao participarem do fluxo contínuo da Jornada, as escolas se tornam aptas a participar do Jogo Coopera Cerrado e concorrer ao Prêmio Escolar Coopera Cerrado.

Clique aqui para saber mais sobre as Ações de Popularização e a Jornada de Aprendizagem


Primeiras aulas presenciais da 3ª Edição do Mestrado acontecem em Minas Gerais

Entre os dias 13 a 17 de maio de 2024, o Projeto Rural Sustentável - Cerrado deu início à primeira semana de aulas presenciais da 3ª Edição do Mestrado Profissional, em parceria com a Universidade Federal de Lavras (UFLA). Estiveram presentes em Lavras (MG) os 22 estudantes dos quatro estados de atuação do projeto – Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. A turma foi acompanhada pela Gerente do Mestrado do PRS - Cerrado, Raquel Caribé. Os(as) estudantes tiveram aulas com os professores Ana Luíza Campos, Cleiton de Oliveira e Viviane Pereira, do Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Sustentável e Extensão (PPGDE).

A estudante e produtora rural Carline Yumi, de uma Unidade Demonstrativa (UD) do Projeto, em Terenos (MS), compartilha as suas expectativas com o curso: “Nós sabemos que o meio rural está com muitos desafios, então acredito que o Mestrado vem para ajudar a entender os problemas e propor soluções que tragam um desenvolvimento sustentável para a nossa comunidade. Estou com muitas expectativas de aprendizado, poder conhecer realidades diferentes e pessoas que possam agregar ao meu trabalho.”

A turma da 3ª Edição do Mestrado aproveitou a ocasião para conhecer o Museu História Natural da UFLA, assim como a Usina de Biodiesel e a Usina Fotovoltaica, também da UFLA. As visitas foram importantes para que os(as) estudantes pudessem conhecer, na prática, algumas das temáticas trabalhadas em sala de aula.

Outro estudante desta 3ª Edição é o Agente de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATEC), Daniel Penha, de Minas Gerais. “O Mestrado é uma oportunidade única e valiosa que vai ajudar muito na nossa formação acadêmica e profissional. Assim, vamos poder estar sempre atualizados e conseguir levar esses conhecimentos para os produtores rurais que estão sendo atendidos pelo projeto”, destaca Daniel.

Ao longo de 2024, os outros estados de atuação do PRS - Cerrado também receberão encontros presenciais do Mestrado Profissional.

WhatsApp Image 2024-05-16 at 19.03.13 (1)
WhatsApp Image 2024-05-16 at 19.03.13
WhatsApp Image 2024-05-15 at 16.08.15

 

Sobre o Mestrado Profissional

O Mestrado Profissional em Mudanças Climáticas e Agropecuária de Baixa Emissão de Carbono do PRS - Cerrado, em parceria com a Universidade Federal de Lavras (UFLA), é uma das ações do Programa de Capacitação do projeto, que tem como objetivo capacitar, qualificar e aperfeiçoar profissionais em práticas produtivas sustentáveis, gestão da propriedade e em tecnologias e inovação para o campo.

Entre as temáticas ensinadas no Mestrado estão a mitigação da emissão de gases de efeito estufa (GEE), práticas integradas e sustentáveis de produção, sistemas de Integração Lavoura, Pecuária e Floresta (ILPF), Recuperação de Pastagens Degradadas (RPD), entre outras.


Saiba como foi o Evento de Abertura e a Aula Magna da 3ª Edição do Mestrado

Na última quinta-feira, 02 de maio, o PRS - Cerrado promoveu uma Aula Magna que marcou a Abertura da 3ª Edição do Mestrado Profissional, em parceria com a Universidade Federal de Lavras (UFLA). A convidada para a ocasião foi a Secretária de Inovação, Desenvolvimento Sustentável, Irrigação e Cooperativismo, Senhora Renata Bueno Miranda, do Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA), que trouxe reflexões sobre o tema “Inovações e sustentabilidade na produção rural do Cerrado”.

O Cerrado é o grande agente integrador desse país, ele que desenvolveu e formou uma nação”, destaca Renata Miranda durante a Aula Magna. Para a Secretária, a história da agricultura na trajetória do Brasil enfatiza a importância da amplificação produtiva sustentável, quando se converge o produzir e o sustentável. “Quanto mais eu intensifico a agricultura com cultivos integrados e práticas sustentáveis, mais é possível aumentar a quantidade de produção, preservar aquela terra e emitir menos gases de efeito estufa”, explica.

Além disso, a representante do MAPA ressalta que é preciso reinterpretar a agricultura como um setor que garante a resiliência de comunidades que estão inseridas no Cerrado, capaz de promover ações que garantam a segurança alimentar das famílias. Ela terminou o momento convidando a todos e todas que fizessem uma reflexão sobre o poder das ações quando viramos agentes de um modelo justo e sustentável para as gerações futuras.

Ainda na parte acadêmica do Evento, contamos com a presença do Reitor da UFLA, Professor João Chrysostomo de Resende Júnior, universidade parceira deste Mestrado.

Também estiveram presentes, como integrantes da mesa institucional do Evento, o Diretor Geral do PRS - Cerrado, Tadeu Assad, a Coordenadora de Capacitação do PRS - Cerrado, Melissa Curi e o Coordenador-Geral de Mudanças do Clima e Agropecuária Conservacionista, e Diretor Substituto do Departamento de Produção Sustentável e Irrigação, Senhor Adriano Santhiago, do MAPA.

O Evento de Abertura e Aula Magna da 3ª Edição do Mestrado Profissional, em parceria com a UFLA, está disponível no canal do IABS no YouTube, o IABSTV. Clique aqui e assista agora.

Mestrado Profissional e o Programa de Capacitação

O Mestrado Profissional em Mudanças Climáticas e Agropecuária de Baixa Emissão de Carbono do PRS - Cerrado, em parceria com a Universidade Federal de Lavras (UFLA), é uma das ações do Programa de Capacitação do projeto, que tem como objetivo capacitar, qualificar e aperfeiçoar profissionais em práticas produtivas sustentáveis, gestão da propriedade e em tecnologias e inovação para o campo.

Na mesa institucional do Evento de Abertura, o Diretor-Geral do PRS - Cerrado, Tadeu Assad, destaca alguns dos objetivos do projeto, por meio das ações de Capacitação. Em suas palavras: “Promover a sustentabilidade no meio rural e buscar práticas para uma agricultura de baixa emissão de carbono. E é por meio das nossas ações formativas na Capacitação que construímos um legado, pois o conhecimento permeia e deve ser sempre fortalecido”, ressalta Tadeu.

O Mestrado Profissional do projeto, em parceria com a UFLA, é uma das ações formativas da Capacitação, e tem como temáticas a mitigação da emissão de gases de efeito estufa (GEE), a redução de desmatamento, com manutenção ou ampliação da produção agropecuária, as práticas integradas e sustentáveis de produção, e a conservação da biodiversidade no Cerrado, entre outras.


3ª Edição do Mestrado Profissional terá Aula Magna com Renata Bueno, do MAPA

No dia 02 de maio, quinta-feira, às 11h, acontecerá o Evento de Abertura da 3ª Edição do Mestrado Profissional do Projeto Rural Sustentável - Cerrado, em parceria com a Universidade Federal de Lavras (UFLA). Dentro do evento, será realizada a Aula Magna do Mestrado com a convidada Renata Bueno Miranda, Secretária de Inovação, Desenvolvimento Sustentável, Irrigação e Cooperativismo do Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA), junto ao tema "Inovações e sustentabilidade na produção rural do Cerrado". As mesas de debate vão ser abertas ao público e transmitidas de forma online pelo canal do IABS no YouTube, o IABSTV.

O evento de abertura será dividido em duas partes: a institucional, com representantes do Reino Unido, do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) e do Instituto Brasileiro de Desenvolvimento e Sustentabilidade (IABS); e a parte acadêmica, com a participação do Reitor da UFLA, João Chrysostomo de Resende Júnior, e a convidada da Aula Magna, Renata Bueno Miranda.

Confira a programação completa:

11h – Abertura Institucional
11h15 – Parceiros Acadêmicos
João Chrysostomo de Resende Júnior, Reitor UFLA
11h30 – Aula Magna
Renata Bueno Miranda, Secretária SDI/MAPA
12h – Encerramento

Sobre o Mestrado Profissional

O Mestrado é uma das ações do Programa de Capacitação do PRS – Cerrado, que tem como objetivo capacitar, qualificar e aperfeiçoar profissionais em práticas produtivas sustentáveis, gestão da propriedade e em tecnologias e inovação para o campo. As principais temáticas debatidas durante o curso são: mitigação da emissão de gases de efeito estufa (GEE), redução de desmatamento com manutenção ou ampliação da produção agropecuária, práticas integradas e sustentáveis de produção, conservação da biodiversidade, entre outras.

Edições anteriores

Esta já é a 3ª Edição do Mestrado Profissional em Mudanças Climáticas e Agropecuária de Baixa Emissão de Carbono do PRS – Cerrado, em parceria com a Universidade Federal de Lavras (UFLA). A 1ª Edição, iniciada em 2022, já está promovendo a defesa de dissertação dos mestrandos, enquanto a 2ª Edição, iniciada em 2023, está em andamento com 25 estudantes. Ambas as edições também contaram com Aulas Magnas com a participação de renomados(as) pesquisadores(as) e especialistas, e podem ser assistidas aqui e aqui.

Clique aqui para saber mais sobre o Mestrado Profissional em Mudanças Climáticas e Agropecuária de Baixa Emissão de Carbono.


Coopera Cerrado: Estudantes goianos são premiados

No dia 11 de abril, 10 escolas do estado de Góias foram premiadas por suas participações na Jornada de Aprendizagem das Ações da Popularização da Produção Rural Sustentável e do Jogo Coopera Cerrado do ano de 2023. O evento aconteceu durante a manhã na Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater), em Goiânia, e contou com 85 participantes, entre estudantes, professores(as), representantes de secretarias de educação do estado, pesquisadores(as), além da equipe técnica do PRS - Cerrado.

As atividades realizadas pelos estudantes fazem parte das Ações de Popularização do Projeto e consistem em vivências, oficinas, atividades de imersão e de trocas de experiências entre crianças e jovens, acerca do seu pertencimento à natureza no bioma Cerrado.

Os patamares do prêmio consistiram nos níveis Básico, Top, Super com o valor do prêmio podendo chegar até R$ 8 mil. Todos os recursos financeiros serão destinados ao financiamento de projetos elaborados pelas escolas para melhorias nas instalações e/ou promoção de atividades comunitárias e socioambientais.

As escolas premiadas de Goiás foram:

  • Escola Municipal Maria Bárbara Sucena
  • Escola Municipal Geraldo Rezende Mendonça – Ladico
  • Escola Municipal Geraldo Silvio de Lima
  • Centro de Ensino em Período Integral Dom Veloso
  • Escola Municipal Celina Leite Guimarães Mattos
  • Escola Municipal Rio Paraíso III
  • Escola Municipal Ponte de Pedra
  • Escola Estadual Dona Iayá
  • Escola Municipal Feliciana Ivo Pereira
  • Escola Municipal Ulisses Guimarães

Previous
Next

Em maio, será realizado um evento em Brasília (DF) para premiar as quatro escolas - uma por estado - que alcançaram a categoria Super Sustentável. Essas escolas ganharão um valor adicional de R$ 10 mil.


Coopera Cerrado: Estudantes de Mato Grosso do Sul e Minas Gerais são premiados

No dia 04 de abril, 20 escolas dos estados de Mato Grosso do Sul e Minas Gerais foram premiadas por suas participações na Jornada de Aprendizagem das Ações da Popularização da Produção Rural Sustentável e do Jogo Coopera Cerrado do ano de 2023. Os eventos contaram com a participação de estudantes, professores(as), representantes de secretarias de educação do estado, pesquisadores(as), além da equipe técnica do PRS - Cerrado.

As atividades realizadas pelos estudantes fazem parte das Ações de Popularização do Projeto e consistem em vivências, oficinas, atividades de imersão e de trocas de experiências entre crianças e jovens, acerca do seu pertencimento à natureza no bioma Cerrado.

Os patamares do prêmio consistiram nos níveis Básico, Top, Super com o valor do prêmio podendo chegar até R$ 8 mil. Todos os recursos financeiros serão destinados ao financiamento de projetos elaborados pelas escolas para melhorias nas instalações e/ou promoção de atividades comunitárias e socioambientais.

Mato Grosso do Sul

O evento aconteceu em Campo Grande, no Sindicato Rural, e contou com mais de 90 participações. Os prêmios foram destinados a 13 escolas, sendo elas:

  • Escola Municipal Professora Maria da Conceição
  • Escola Municipal Luis Cláudio Josué
  • Escola Municipal Rural Santa Guilhermina – Pólo
  • Escola Municipal Fábio Rodrigues Barbosa
  • Escola Municipal Aroeira
  • Centro Educacional Municipal Vereador Ilma Alves da Costa
  • Escola Estadual Hermelina Barbosa Leal
  • Escola Municipal Cotrisa de Baús-Polo
  • Escola Estadual Dolor Ferreira de Andrade
  • Escola Estadual Augusto Krug Netto
  • Escola Municipal Leonida La Rosa Balbuena
  • Escola Municipal Irma Araldi Kohl – Polo e Extensão Profª Maria Enedina Gonçalves Pereira
  • Escola Municipal Archangela Mourão Fontoura-Polo




























Minas Gerais

Mais de 40 pessoas estiveram presentes na Universidade Federal de São João del Rei (UFSJ), em Sete Lagoas, para prestigiar as 07 escolas premiadas no estado. Foram elas:

  • Escola Estadual Coronel Tonico Franco
  • Escola Estadual Deputado Renato Azeredo – SEEMG
  • Escola Municipal Inácio de Oliveira Campos
  • Escola Municipal Domingas Camin
  • Escola Municipal Chico Cirilo
  • Escola Estadual Juvêncio Martins Ferreira
  • Escola Estadual Neusa Pimentel Barbosa

Em maio, será realizado um evento em Brasília (DF) para premiar as quatro escolas - uma por estado - que alcançaram a categoria Super Sustentável. Essas escolas ganharão um valor adicional de R$ 10 mil.















Mestrado Profissional: seis mestrandos(as) da 1ª Edição defendem suas dissertações

Durante o mês de março, a 1ª Edição do Mestrado Profissional do Projeto Rural Sustentável - Cerrado, realizado em parceria com a Universidade Federal de Lavras (UFLA), promoveu mais seis defesas de dissertações. O curso, voltado para a temática de mudanças climáticas e sistemas agropecuários de baixa emissão de carbono no bioma Cerrado, é ministrado por dois programas de pós-graduação da UFLA: Ciência e Tecnologia da Produção Animal (PPGCTPA) e Desenvolvimento Sustentável e Extensão (PPGDE).

As seis defesas aconteceram de forma remota ao longo dos dias 22, 26, 27 e 29 de março. Confira a lista dos(as) mestrandos(as) e os temas de suas respectivas dissertações:

“Diagnóstico de uma área de pastagens Brachiaria decumbens na Integração-Pecuária-Floresta em relação com uma área de Pastagens Convencional, no Projeto de Assentamento Eldorado, município de Sidrolândia - Mato Grosso Do Sul - Brasil”
Wildney Alves de Almeida

“Importância da Avicultura na Agricultura Familiar, seu potencial produtivo e a necessidade de Assistência Técnica: um estudo realizado na cidade de Baldim - MG”
Thiago Drummond Marques

“Análise da Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural - SENAR em propriedades leiteiras da Bacia do Rio Tijuco, no município de Uberlândia/MG”
João Thomaz Cruz Silva

“Estratégias de controle de plantas infestantes em Sistema de Integração Lavoura Pecuária para produção de silagem”
André Augusto Gimenes Cardoso

“Percepção de produtores do Assentamento Eldorado I (Che Guevara) no município de Sidrolândia (MS) sobre os Sistemas de Integração Pecuária-Floresta (IPF)”
Fabiana Ananias Vasconcellos

“Entendendo a sustentabilidade de pastagens de Capim Marandu por meio da revisão de artigos científicos sobre avaliação nutricional das plantas”
Ana Carla Martins Vidotti

Sobre a 1ª Edição

A 1ª Edição do Mestrado Profissional do PRS - Cerrado teve início em março de 2022, reunindo profissionais, técnicos(as), produtores(as) e gestores(as) públicos(as) que atuam no meio rural ou em áreas afins. O curso foi realizado de forma híbrida, com aulas remotas e presenciais nos quatro estados de atuação do projeto: Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais. Os mestrandos e mestrandas desta edição começaram a defender suas dissertações em dezembro de 2023. Até o momento temos nove mestres e mestras formados, com a formação de excelência proporcionada pelo PRS - Cerrado em parceria com a UFLA.

Atualmente, o Mestrado Profissional também está realizando a sua 2ª Edição, que teve início em março de 2023 com 26 estudantes, e em Março de 2024 iniciaram as aulas e atividades da turma da 3ª Edição, contando com 24 participantes, aprovados(as) no processo seletivo que ocorreu entre Janeiro e Fevereiro de 2024.


Crianças mato-grossenses são premiadas pelo Jogo Coopera Cerrado

No dia 21 de março, 10 escolas do estado de Mato Grosso foram premiadas por suas participações na Jornada de Aprendizagem das Ações da Popularização da Produção Rural Sustentável e do Jogo Coopera Cerrado do ano de 2023. O evento aconteceu durante a manhã na Secretaria de Estado de Educação (SEDUC), em Cuiabá, e contou com 56 participantes, entre estudantes, professores(as) e representantes de secretarias de educação do estado.

Segundo a Gerente de Empoderamento Social do PRS - Cerrado, Denise P. Agustinho, “o encontro proporcionou que essa rede de escolas transformadoras de suas realidades partilhassem ainda mais experiências entre elas. As crianças ficaram muito felizes de receber o prêmio pelo trabalho coletivo que fizeram e de ir até a capital celebrar isso com muita animação e música”.

As escolas premiadas de Mato Grosso são:

  • Escola Estadual Militar Dom Pedro II “André Maggi”
  • Escola Municipal Monteiro Lobato
  • Escola Municipal Deus É Amor
  • Escola Estadual Campo Vila União
  • Centro Municipal de Educação Básica Castro Alves
  • Escola Municipal Elza Martins de Queiroz Oliveira
  • Escola Municipal Matilde Luiza Z. Gomes
  • Escola Estadual Gustavo Dutra / Campo
  • Escola Estadual Paulo Freire
  • Escola Estadual Marcio Schabatt Souza*

* A escola é premiada, mas não esteve presente no evento.

Previous
Next

Cooperação entre crianças e jovens

O Jogo Coopera Cerrado não é uma competição, mas uma colaboração entre os(as) participantes e as escolas. A pontuação é atribuída de acordo com a cooperação e compartilhamento de benefícios entre si e entre a comunidade escolar. As atividades fazem parte das Ações de Popularização do PRS - Cerrado e consistem em vivências, oficinas, atividades de imersão e de trocas de experiências entre crianças e jovens, acerca do seu pertencimento à natureza no bioma Cerrado.

Os patamares do prêmio consistiram nos níveis Básico, Top e Super, com o valor do prêmio podendo chegar até R$ 8 mil. Todos os recursos financeiros serão destinados ao financiamento de projetos elaborados pelas escolas para melhorias nas instalações e/ou promoção de atividades comunitárias e socioambientais.

Já as melhores escolas premiadas na categoria Super, que realizaram interações com outras instituições, ganharão um valor adicional de R$ 10 mil, classificando-se na categoria Super Sustentável, premiação destinada a apenas uma escola por estado. Em maio, será realizado um evento em Brasília para premiar as quatro escolas que alcançaram essa categoria.


Escolas do Cerrado vão ser premiadas por atividades da produção rural sustentável

Ao longo dos meses de março e abril, serão premiadas as escolas participantes da Jornada de Aprendizagem das Ações da Popularização da Produção Rural Sustentável e do Jogo Coopera Cerrado do ano de 2023. Ao todo, 40 escolas dos quatro estados de atuação do PRS - Cerrado, que participaram da Jornada e realizaram as missões e desafios propostos pelo Jogo, receberão os prêmios. Os encontros estaduais vão acontecer nos dias 21/03 (Mato Grosso), 04/04 (Minas Gerais e Mato Grosso do Sul) e 11/04 (Goiás).




O evento vai acontecer no dia 11 de abril em Goiânia, na Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater), e irá premiar 10 escolas:

  • Escola Municipal Maria Bárbara Sucena
  • Escola Municipal Geraldo Rezende Mendonça – Ladico
  • Escola Municipal Geraldo Silvio de Lima
  • Centro de Ensino em Período Integral Dom Veloso
  • Escola Municipal Celina Leite Guimarães Mattos
  • Escola Municipal Rio Paraíso III
  • Escola Municipal Ponte de Pedra
  • Escola Estadual Dona Iayá
  • Escola Municipal Feliciana Ivo Pereira
  • Escola Municipal Ulisses Guimarães

O evento vai acontecer no dia 21 de março em Cuiabá, na Secretaria de Estado de Educação (SEDUC), e irá premiar 10 escolas:

  • Escola Estadual Militar Dom Pedro II “André Maggi”
  • Escola Municipal Monteiro Lobato
  • Escola Municipal Deus É Amor
  • Escola Estadual Campo Vila União
  • Centro Municipal de Educação Básica Castro Alves
  • Escola Municipal Elza Martins de Queiroz Oliveira
  • Escola Municipal Matilde Luiza Z. Gomes
  • Escola Estadual Gustavo Dutra / Campo
  • Escola Estadual Paulo Freire
  • Escola Estadual Marcio Schabatt Souza*

 * A escola é premiada, mas não estará presente no evento.

O evento vai acontecer no dia 04 de abril em Campo Grande, no Sindicato Rural, e irá premiar 13 escolas:

  • Escola Municipal Professora Maria da Conceição
  • Escola Municipal Luis Cláudio Josué
  • Escola Municipal Rural Santa Guilhermina – Pólo
  • Escola Municipal Fábio Rodrigues Barbosa
  • Escola Municipal Aroeira
  • Centro Educacional Municipal Vereador Ilma Alves da Costa
  • Escola Estadual Hermelina Barbosa Leal
  • Escola Municipal Cotrisa de Baús-Polo
  • Escola Estadual Dolor Ferreira de Andrade
  • Escola Estadual Augusto Krug Netto
  • Escola Municipal Leonida La Rosa Balbuena
  • Escola Municipal Irma Araldi Kohl – Polo e Extensão Profª Maria Enedina Gonçalves Pereira
  • Escola Municipal Archangela Mourão Fontoura-Polo

O evento vai acontecer no dia 04 de abril em Sete Lagoas, na Universidade Federal de São João del Rei (UFSJ), e irá premiar 7 escolas:

  • Escola Estadual Coronel Tonico Franco
  • Escola Estadual Deputado Renato Azeredo – SEEMG
  • Escola Municipal Inácio de Oliveira Campos
  • Escola Municipal Domingas Camin
  • Escola Municipal Chico Cirilo
  • Escola Estadual Juvêncio Martins Ferreira
  • Escola Estadual Neusa Pimentel Barbosa

O evento vai acontecer no dia 11 de abril em Goiânia, na Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater), e irá premiar 10 escolas:

  • Escola Municipal Maria Bárbara Sucena
  • Escola Municipal Geraldo Rezende Mendonça - Ladico
  • Escola Municipal Geraldo Silvio de Lima
  • Centro de Ensino em Período Integral Dom Veloso
  • Escola Municipal Celina Leite Guimarães Mattos
  • Escola Municipal Rio Paraíso III
  • Escola Municipal Ponte de Pedra
  • Escola Estadual Dona Iayá
  • Escola Municipal Feliciana Ivo Pereira
  • Escola Municipal Ulisses Guimarães

O evento vai acontecer no dia 21 de março em Cuiabá, na Secretaria de Estado de Educação (SEDUC), e irá premiar 10 escolas:

  • Escola Estadual Militar Dom Pedro II "André Maggi"
  • Escola Municipal Monteiro Lobato
  • Escola Municipal Deus É Amor
  • Escola Estadual Campo Vila União
  • Centro Municipal de Educação Básica Castro Alves
  • Escola Municipal Elza Martins de Queiroz Oliveira
  • Escola Municipal Matilde Luiza Z. Gomes
  • Escola Estadual Gustavo Dutra / Campo
  • Escola Estadual Paulo Freire
  • Escola Estadual Marcio Schabatt Souza*

 * A escola é premiada, mas não estará presente no evento.
O evento vai acontecer no dia 04 de abril em Campo Grande, no Sindicato Rural, e irá premiar 13 escolas:

  • Escola Municipal Professora Maria da Conceição
  • Escola Municipal Luis Cláudio Josué
  • Escola Municipal Rural Santa Guilhermina - Pólo
  • Escola Municipal Fábio Rodrigues Barbosa
  • Escola Municipal Aroeira
  • Centro Educacional Municipal Vereador Ilma Alves da Costa
  • Escola Estadual Hermelina Barbosa Leal
  • Escola Municipal Cotrisa de Baús-Polo
  • Escola Estadual Dolor Ferreira de Andrade
  • Escola Estadual Augusto Krug Netto
  • Escola Municipal Leonida La Rosa Balbuena
  • Escola Municipal Irma Araldi Kohl - Polo e Extensão Profª Maria Enedina Gonçalves Pereira
  • Escola Municipal Archangela Mourão Fontoura-Polo

O evento vai acontecer no dia 04 de abril em Sete Lagoas, na Universidade Federal de São João del Rei (UFSJ), e irá premiar 7 escolas:

  • Escola Estadual Coronel Tonico Franco
  • Escola Estadual Deputado Renato Azeredo - SEEMG
  • Escola Municipal Inácio de Oliveira Campos
  • Escola Municipal Domingas Camin
  • Escola Municipal Chico Cirilo
  • Escola Estadual Juvêncio Martins Ferreira
  • Escola Estadual Neusa Pimentel Barbosa

Clique aqui para saber mais sobre as Ações de Popularização e a Jornada de Aprendizagem

Os patamares da premiação consistem nos níveis Básico, Top e Super, com o valor do prêmio podendo chegar até R$ 8 mil. Já as melhores escolas premiadas na categoria Super, que realizaram interações com outras instituições, ganharão um valor adicional de R$ 10 mil, classificando-se na categoria Super Sustentável, premiação destinada a apenas uma escola por estado.

Todos os recursos financeiros serão destinados ao financiamento de projetos elaborados pelas escolas para melhorias nas instalações e/ou promoção de atividades comunitárias e socioambientais.

Em maio, será realizado um evento em Brasília para premiar as escolas que alcançaram a categoria Super Sustentável.