Trabalho junto às OSPs entra em nova etapa: elaboração do Plano de Negócios

O Plano de Negócios é uma ação estratégica para fortalecimento e estruturação das Organizações Socioprodutivas (OSPs). Busca, junto a essas organizações, identificar e propor soluções que envolvam suas principais atividades, negócios e cadeias produtivas em que está inserida e seu papel dentro dela, além de diversas ações em áreas de governança e gestão. É um instrumento importante para ampliar e fortalecer o papel e as competências das OSPs do PRS - Cerrado.

Além dos Planos de Negócios, as instituições contratadas vão desenvolver um Plano de Ação e um Plano de Investimento em conjunto com as OSPs, produtores e produtoras rurais e Agentes de ATER, assim como um Plano de Comunicação e uma proposta metodológica para a execução de rodadas de negócios. O trabalho, que tem previsão de 8 meses, inclui o mapeamento diagnóstico institucional de cada OSP e o mapeamento das suas atividades socioprodutivas. Para isso, as instituições devem prever visitas técnicas presenciais (no mínimo, cinco) e acompanhamento online (no mínimo, seis).

E essa etapa tem início após a seleção das instituições que trabalharam em conjunto com as Organizações para realizar esse trabalho. Ao todo, foram 10 empresas selecionadas pelo projeto.

>>>>> O resultado está disponível aqui, com nome e região em que as contratadas irão atuar <<<<<<<

Se você representa uma OSP, aguarde contato via coordenadores e monitores locais, que entrarão em contato pessoalmente. Caso haja dúvidas, o PRS - Cerrado disponibiliza um canal de suporte: 

Call center: 0800 038 6616 – segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, horário de Brasília
Whatsapp: 61 9 8413-9285 – segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, horário de Brasília
E-mail:  chamada.osp.prs-cer@iabs.org.br 

O papel das OSPs para o PRS - Cerrado

As OSPs são cooperativas, associações, sindicatos e outras formas de organização que agregam produtores e produtoras rurais, com intenções comuns. São essenciais na interlocução do PRS – Cerrado com o seu público beneficiário direto. A construção técnico-participativa de Planos de Negócios, por sua vez, é parte do processo de estruturação e fortalecimento dessas organizações e tem papel preponderante no cumprimento do objetivo final do Projeto de contribuir para uma agropecuária de baixa emissão de carbono.


Saiba como foram os Dias de Campo de Maio

No mês de maio, tivemos 34 eventos dos nossos Dias de Campo (DC) do PRS-Cerrado. Os eventos ocorreram em 33 Unidades Demonstrativas (UDs) do projeto, nos quatro estados de atuação: Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais. Ao todo, participaram mais de 900 pessoas, dentre produtores e produtoras rurais, representantes de organizações socioprodutivas, técnicos(as) e instituições de ATER, palestrantes qualificados, além das instituições que nos apoiam localmente.

José Ferrario, produtor da UD Fazenda Paulista, no município de Jaciara (MT), fala mais sobre o evento e como os DCs são importantes: "confesso que já estou com saudades e me preparando para as próximas oportunidades, porque foi um Dia de Campo pra nós, pra mim especialmente, exemplar. Exemplar num sentido de conhecimento e isso só veio a somar em relação ao campo”, comenta.

O que são os Dias de Campo?

Os DCs funcionam como um intercâmbio de experiência entre os(as) participantes. Os eventos geralmente são promovidos em uma Unidade Demonstrativa (UD) e reúnem teoria e prática, por meio de palestras e observação em campo, de tecnologias já implantadas e bem-sucedidas. As ações servem como exemplo aos(às) interessados(as) em replicar as práticas produtivas sustentáveis.

Os temas abordados nas palestras são relacionados às áreas de atuação do PRS-Cerrado e diretamente ligados a situações enfrentadas pelos(as) produtores(as), como: estratégias para implantação da agropecuária sustentável e integrada, sistemas agroflorestais e recuperação e manejo de pastagens degradadas. Até o fim do projeto, serão promovidos mais de 650 eventos como este.


Confira a agenda dos Dias de Campo do PRS – Cerrado em junho

Em junho, o PRS-Cerrado irá realizar 28 eventos voltados para as ações dos Dias de Campo (DCs) do PRS-Cerrado nos quatro estados de atuação: Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais. Esses eventos são realizados com o intuito de sensibilizar produtores(as) rurais para a implementação da agropecuária de baixa emissão de carbono, a partir de palestras e troca de experiências com outros produtores e produtoras que já possuem uma produção sustentável.

Haverá palestras com temas relacionados às áreas de atuação do PRS-Cerrado, como o manejo sustentável, educação ambiental e outras estratégias para implantação da agropecuária sustentável e integrada, sistemas agroflorestais, além de recuperação e manejo de pastagens degradadas.

Caso tenha interesse em participar, procure o(a) monitor(a) da sua região: www.ruralsustentavel.org/projeto/como-atuamos

Confira as datas de cada evento no mapa abaixo: 


Início da ATER nas Unidades Demonstrativas (UDs)

Na última semana foram iniciadas as primeiras visitas técnicas presenciais das instituições de Assistência Técnica de Extensão Rural (ATER) às 170 Unidades Demonstrativas do projeto. As atividades têm como objetivo a realização de um diagnóstico geral das propriedades rurais, identificando quão próximo os produtores e produtoras estão dos esquemas de certificação mapeados pelo PRS - Cerrado. 

Com os dados apurados no diagnóstico, as instituições de ATER, em conjunto com os(as) produtores(as), irão elaborar os Planos de Adequação customizados para que cada propriedade alcance a certificação e, ou desenvolva da melhor forma suas benfeitorias. O Plano de Adequação também colabora para a melhora da gestão, organização geral e qualidade dos seus produtos, aumentando rendimentos, reduzindo custos e elevando a renda de produtores e produtoras rurais.

A Assistência Técnica e Extensão Rural é oferecida gratuitamente às Unidades Demonstrativas do PRS-Cerrado por 12 meses, prazo necessário para acompanhamento das 170 propriedades participantes desta etapa nos estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais.


Prorrogada a seleção de instituições de ATER para UMs

Foi prorrogada para 18 de maio a data-limite para inscrição de instituições de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) que vão atuar nas Unidades Multiplicadoras (UMs) do Projeto Rural Sustentável - Cerrado. O processo é exclusivo para as instituições pré-qualificadas. 

< < Acesse aqui o edital completo >>

Ao todo, são 3.511 UMs divididas em 42 lotes coincidentes com o conjunto de propriedades vinculadas a cada uma das Organizações Socioprodutivas (OSPs) apoiadas pelo projeto. Os lotes e valores disponíveis variam em função da quantidade de UMs para cada OSP, que são de pouco mais de R$ 200 mil a até R$ 1,6 milhão.

Uma mesma instituição de ATER poderá concorrer a todos os 42 Lotes e, caso selecionada, atuar em até 5 lotes no total, desde que demonstre estrutura e técnicos(as) suficientes para atendimentos das propriedades. Caso a instituição já preste serviços para as UDs (unidades demonstrativas) do projeto, a mesma deverá comprovar capacidade adicional de atendimento.

Será necessária a disponibilização de ao menos 1 (um) coordenador(a) e de até 5 (cinco) técnicos(as) em cada lote. Os(As) técnicos(as) deverão ter formação técnica ou superior na área das ciências agrárias ou áreas afins e estar com os respectivos registros profissionais devidamente regularizados nos conselhos competentes (CREA, CRMV e afins).

Confira o conteúdo do evento tira-dúvidas

Realizado no dia 3 de maio, a live Trilhando o Edital de ATER para UMs tirou dúvidas sobre a oportunidade aberta com foco na sustentabilidade da propriedade e implantação de tecnologias de baixa emissão de carbono nas Unidades Multiplicadoras (UMs) do PRS – Cerrado.

Confira as principais questões: PRS-Cerrado realiza live sobre o novo edital de ATER para UMs

A íntegra do evento está disponível no canal IABSTV, no YouTube: https://www.youtube.com/watch?v=zMyxHpgDLOU


Dezoito Dias de Campo realizados em abril com participação de mais de 800 pessoas

No mês de abril, o PRS-Cerrado deu continuidade aos seus Dias de Campo (DC). Os eventos ocorreram em 18 Unidades Demonstrativas (UDs) do projeto, nos quatro estados de atuação: Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais. Ao todo, participaram 826 pessoas, dentre produtores e produtoras rurais, representantes de organizações socioprodutivas, técnicos(as) e instituições de ATER, palestrantes qualificados, além das instituições que nos apoiam localmente.

O que são os Dias de Campo?

Os DCs funcionam como um intercâmbio de experiência entre os(as) participantes. Os eventos geralmente são promovidos em uma Unidade Demonstrativa (UD) e reúnem teoria e prática, por meio de palestras e observação em campo, de tecnologias já implantadas e bem-sucedidas. As ações servem como exemplo aos(às) interessados(as) em replicar as práticas produtivas sustentáveis.

Os temas abordados nas palestras são relacionados às áreas de atuação do PRS-Cerrado e diretamente ligados a situações enfrentadas pelos(as) produtores(as), como: estratégias para implantação da agropecuária sustentável e integrada, sistemas agroflorestais e recuperação e manejo de pastagens degradadas. Até o fim de 2023, a intenção é promover cerca de 650 eventos como esse.

Dias de Campo de abril de 2022

Confira a relação de cidades que receberam os Dias de Campo:

  • Goiás: Urutaí, Santa Cruz de Goiás e Jataí;
  • Mato Grosso: Pedra Preta, Diamantino, São Pedro Cipa, Itiquira e Rondonópolis;
  • Mato Grosso do Sul: Terenos, Bataguassu, Campo Grande e Sidrolândia;
  • Minas Gerais: Cordisburgo, Guarda Mor, Paracatu e Uberlândia.

Confira a agenda dos Dias de Campo do PRS – Cerrado em maio

Em maio, o PRS-Cerrado irá realizar 37 eventos voltados para as ações dos Dias de Campo (DCs) do PRS-Cerrado nos quatro estados de atuação: Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais. Esses eventos são realizados com o intuito de sensibilizar produtores(as) rurais para a implementação da agropecuária de baixa emissão de carbono, a partir de palestras e troca de experiências com outros produtores e produtoras que já possuem uma produção sustentável.

Haverá palestras com temas relacionados às áreas de atuação do PRS-Cerrado, como o manejo sustentável, educação ambiental e outras estratégias para implantação da agropecuária sustentável e integrada, sistemas agroflorestais, além de recuperação e manejo de pastagens degradadas.

Caso tenha interesse em participar, procure o(a) monitor(a) da sua região: https://www.ruralsustentavel.org/projeto/como-atuamos/ 

Confira as datas de cada evento no mapa abaixo: 

Dias de Campo do PRS-Cerrado 

Os Dias de Campo (DCs) são eventos que permitem que a propriedade rural, em especial as Unidades Demonstrativas (UDs) do PRS - Cerrado, seja visitada por produtores(as) rurais, técnicos(as) extensionistas e demais interessados(as). É o momento de compartilhar experiências e conhecimentos entre quem faz tudo isso acontecer: os(as) produtores(as) rurais. Até o fim do projeto, a meta é promover + de 650 Dias de Campo.


PRS-Cerrado realiza live sobre o novo edital de ATER para UMs

Nesta última terça-feira (3), realizamos a live Trilhando o Edital de ATER para UMs, pelo canal IABSTV no Youtube, direcionada para as Instituições de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) pré-qualificadas no projeto. O evento tirou dúvidas sobre a oportunidade aberta com foco na sustentabilidade da propriedade e implantação de tecnologias de baixa emissão de carbono nas Unidades Multiplicadoras (UMs) do PRS - Cerrado. Ao todo, foram 50 minutos de evento, contando com a participação de mais de 250 conexões, que participaram ativamente com perguntas e comentários. 

Ao todo, são 3.511 UMs divididas em 42 lotes coincidentes com o conjunto de propriedades vinculadas a cada uma das Organizações Socioprodutivas (OSPs) apoiadas pelo projeto. Os lotes e valores disponíveis variam em função da quantidade de UMs para cada OSP, que são de pouco mais de R$ 200 mil a até R$ 1,6 milhão.

Confira a íntegra do evento: https://www.youtube.com/watch?v=zMyxHpgDLOU

Confira as principais dúvidas tiradas no evento: 

  • Qual a data de divulgação do resultado final?

R: O resultado final está previsto para ser divulgado no dia 15 de junho.

  • O cadastro de novos profissionais será via portal?

R: Para realizar esse procedimento, a empresa deverá enviar um e-mail para chamada.ater.prs-cer@iabs.org.br solicitando formalmente a abertura do sistema. Em até 10h, a solicitação será atendida e a empresa poderá realizar os novos cadastros.

  • Como os documentos dos técnicos já estão no sistema, não é preciso enviar a documentação deles junto com a proposta, certo?

R: Não é preciso. Iremos considerar os documentos enviados anteriormente. Enfatizamos somente que, caso o(a) Coordenador(a) da equipe não seja um ATEC, que sejam enviados os documentos do mesmo (currículo, comprovantes e vínculo com a instituição) e, que caso necessário, atualizem apenas o Acervo Técnico da empresa e de seus Colaboradores.

  • O projeto pode ter aditivos depois de 2 anos de execução?

R: Conforme item 13 Prazo de execução (pág.23): “pode ser prorrogável por tempo a ser estabelecido pela coordenação do projeto e de acordo com o cronograma do mesmo. Caso se faça necessária a execução dos serviços ora descritos após esse prazo, a instituição selecionada deverá, às suas próprias custas, dar continuidade às atividades até que sejam entregues os produtos aqui descritos. Não serão permitidos atrasos injustificados que prejudiquem o cronograma de execução do projeto”. Gentileza consultar o Termo de Referência – IABS PRS-CAM-047 disponível no link: https://www.ruralsustentavel.org/editais/edital-de-ater-ums/.

  • Sobre a pontuação dos(as) técnicos(as), se por exemplo tenho um profissional que é Engenheiro(a) Agrônomo, mas o conselho dele de técnico nível médio, como será a pontuação?

R: Será considerado(a) Engenheiro(a) Agrônomo desde que seja enviado o Diploma de Graduação.

  • No pré-cadastro, temos pré-identificado um grupo de municípios e estados. Podemos ampliar para outras regiões que anteriormente não temos atuação?

R: Sim. A empresa, mesmo não possuindo atuação na região, poderá submeter propostas para outras regiões. No entanto, a mesma deverá comprovar capacidade técnica para atender às demandas do projeto.

  • O valor vai ser pago direto às empresas?

R: Sim, conforme disposto no Quadro 3, pág.22 do Termo de Referência – IABS PRS-CAM-047 disponível no link https://www.ruralsustentavel.org/editais/edital-de-ater-ums/.

  • Quando faço a proposta financeira, faço para uma UM ou para a quantidade de UMs que pretendemos atender?

R: A proposta financeira deverá ser elaborada por LOTE de interesse, ou seja, um preço para cada um dos 42 lotes. Acesse o Documento Auxiliar “Modelo de Proposta Financeira” disposto no link https://www.ruralsustentavel.org/editais/edital-de-ater-ums/ para verificar como deverá ser enviada.

  • As 3.000 propriedades estão localizadas em quais estados e municípios?

R: As 3.511 propriedades estão distribuídas nos Estados de Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. A relação dos municípios está disposta no Quadro 1, pág.7 do Termo de Referência IABS PRS-CAM-047 disponível no link https://www.ruralsustentavel.org/editais/edital-de-ater-ums/.


Aberta seleção de instituições de ATER para UMs

Está aberto o processo para selecionar instituições de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) que vão atuar nas Unidades Multiplicadoras (UMs) do Projeto Rural Sustentável - Cerrado. As inscrições vão até 11 de maio. O processo é exclusivo para as instituições pré-qualificadas no PRS - Cerrado. 

Acesse aqui o edital completo >>https://www.ruralsustentavel.org/editais/edital-de-ater-ums/ 

Ao todo, são 3.511 UMs divididas em 42 lotes coincidentes com o conjunto de propriedades vinculadas a cada uma das Organizações Socioprodutivas (OSPs) apoiadas pelo projeto. Os lotes e valores disponíveis variam em função da quantidade de UMs para cada OSP, que são de pouco mais de R$ 200 mil a até R$ 1,6 milhão.

Uma mesma instituição de ATER poderá concorrer e, caso selecionada, atuar em até 5 lotes no total, desde que demonstre estrutura e técnicos(as) suficientes para atendimentos das propriedades. Caso a instituição já preste serviços para as UDs (unidades demonstrativas) do projeto, a mesma deverá comprovar capacidade adicional de atendimento.

Será necessária a disponibilização de ao menos 1 (um) coordenador(a) e de 5 (cinco) técnicos(as) em cada lote, para fins de avaliação e pontuação. Os(As) técnicos(as) deverão ter formação técnica ou superior na área das ciências agrárias ou áreas afins e estar com os respectivos registros profissionais devidamente regularizados nos conselhos competentes (CREA, CRMV e afins).

 


Divulgada a lista completa das Unidades Multiplicadoras do PRS - Cerrado

Está disponível o resultado da seleção para Unidades Multiplicadoras (UMs) do PRS - Cerrado, mobilizadas por meio da Chamada para Seleção Integrada de Organizações Socioprodutivas (OSPs) e Unidades Multiplicadoras (UMs). São mais de 3,5 mil propriedades rurais selecionadas para a oportunidade de aplicar as tecnologias sustentáveis apoiadas no âmbito do projeto: Recuperação de Pastagens Degradadas (RPD), Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), entendida como sinônimo para Sistemas Agroflorestais, e suas modalidades.

Veja a lista completa de selecionados 

As UMs receberão assistência técnica e extensão rural fornecida pelo Projeto de forma gratuita! Todas as UMs estão vinculadas a uma Organização Socioprodutiva (OSP). Isso significa que entendemos a OSP como um canal de referência para alicerçar nossas ações. É uma forma de promover o impacto e legado para o meio rural brasileiro de forma coletiva. As OSPs entram com papel de nuclear as ações do projeto e envolvem diferentes agentes: produtores(as) e suas famílias, técnicos(as) e representantes locais.

O que são as Unidades Multiplicadoras

Unidades Multiplicadoras (UMs) são áreas de produção rural onde será implantada uma ou mais tecnologias de baixa emissão de carbono apoiadas pelo projeto.

Leia também: 

https://www.ruralsustentavel.org/mais-de-3-mil-propriedades-rurais-selecionadas-para-o-edital-integrado-de-osps-e-ums/

https://www.ruralsustentavel.org/chamada-integrada-de-osps-e-ums-divulgada-lista-de-organizacoes-elegiveis/